VI Congresso Escolar “Os Direitos da Criança”

Esta terça feira, dia 29 de janeiro, realizou-se o VI Congresso Escolar “Os Direitos da Criança” com todas as crianças da Escola Mestre Arnaldo Louro de Almeida, no Grande Auditório do ISCTE-IUL. Este auditório compôs-se de três centenas de crianças, dos três aos dez anos, e seus familiares, para assistir à representação de treze direitos da criança, cada um muito bem representado por cada ano desta Escola, à exceção de uma apresentação, que foi feita pelo Jardim de Infância Mestre Querubim Lapa, convidado a apresentar seis deveres da criança correspondentes a seis direitos. Porque é fundamental reconhecer às crianças um conjunto de direitos e deveres para que possam construir um mundo melhor, foram lembrados por todas estas crianças o direito a brincar, o direito à saúde, o direito a um lar, o direito a uma família, o direito a um planeta saudável, o direito a um nome e nacionalidade, o direito à liberdade de expressão, o direito à educação, o direito à proteção contra a violência, o direito à justiça, o direito a ser feliz e o direito à paz.
Quando fazem trinta anos que foi assinada a Convenção Internacional sobre os Direitos das Crianças e se comemora os oitenta anos da Declaração Internacional dos Direitos Humanos, esta Escola relembra, desta forma, pelo sexto ano consecutivo, a importância dos direitos e deveres da criança, fazendo das próprias crianças as protagonistas dos mesmos para que um mundo melhor com elas cresça. Cheia de esperança, esta apresentação terminou com todas as crianças juntas a cantarem num afinadíssimo coro de pequenos cantores: “Só o amor muda o que já se fez. E a força da paz junta todos outra vez. Venha, já é hora de acender a chama da vida. E fazer a Terra inteira feliz.”
A Presidente da Junta de Freguesia e, também Professora, Ana Gaspar, esteve presente e não deixou de, na abertura deste evento, dar umas palavras às nossas crianças. Apelou para que lutem pelos seus direitos e respeitem os seus deveres, “porque acreditamos num mundo construído através do amor e da paz”, concluiu. A Dra. Maria João Barros, Psicóloga do Centro de Saúde de Sete Rios, também deu as boas vindas a esta iniciativa, focando a importância dos valores da paz, amor, saúde, educação e segurança, no crescimento da criança e num mundo melhor.