Poesia d’Ávila

No passado dia 26 de julho, entre as 12h30 e as 13h30, a poesia esteve na Feira d’Ávila. Por entre as bancas de antiguidades, roupa, artesanato ou gastronomia, os transeuntes encontraram o ator João Ferrador declamando, olhos nos olhos, poemas de grandes vultos da língua portuguesa.

A Poesia d’Ávila recordou a obra de autores como Sophia de Mello Breyner Andresen e Jorge de Sena, escritores cujo centenário celebramos este ano; Agustina Bessa-Luís e João Gilberto, que faleceram recentemente; Natália Correia, que já nos deixou há 25 anos; e ainda Luís de Camões, o poeta da epopeia dos descobrimentos, comemorado no Dia de Portugal.

No mercado de rua da Duque d’Ávila, ecoou a palavra na sua mais bela forma.