Junta de Freguesia de Avenidas Novas e Associação Salvador certificam McDonald’s do Saldanha como Estabelecimento Acessível

A Junta de Avenidas Novas tem vindo a envidar esforços para sensibilizar os comerciantes e prestadores de serviços da nossa Freguesia para o valor da acessibilidade, que é um direito fundamental e que garante a dignidade da pessoa com deficiência.

No passado dia 24 de outubro, representantes da Junta de Freguesia de Avenidas Novas, da Associação Salvador e do restaurante McDonald’s do Saldanha afixaram o selo de acessibilidade na entrada daquele estabelecimento.

A presidente Ana Gaspar exaltou na ocasião os objetivos desta iniciativa da Junta de Freguesia em parceria com a Associação Salvador, nomeadamente a promoção da inclusão social das pessoas com deficiência motora e a melhoria da sua qualidade de vida.

Tal como afirma Gerson Rodrigues, que se desloca numa cadeira elétrica, “Quando vou a um restaurante com acessibilidade sinto-me como qualquer outra pessoa. Sem acessibilidade, sinto-me excluído. Sinto o meu direito de ir e vir limitado.” Catarina Poiares, embaixadora da Associação Salvador com mobilidade condicionada, refere: “Toda a gente tem direito de ir a um restaurante, toda a gente tem direito a acessibilidades integrais para entrar e sair de um estabelecimento de forma confortável e segura, sem bloqueios nem risco de queda.”

As entradas e os percursos acessíveis, bem como as instalações sanitárias adaptadas, são alguns dos fatores que proporcionam autonomia à pessoa com mobilidade reduzida e que contribuem para o seu bem-estar. Mas, de acordo com Joana Gorgueira, gestora de projetos de acessibilidades da Associação Salvador, ainda vivemos num país pouco acessível: “Para sair de casa, a pessoa tem de fazer um grande planeamento. Não sabe que obstáculos vai encontrar. Para ir comer fora, pode ter de ligar a dez restaurantes para encontrar o acessível. Porque muitas vezes os obstáculos são um simples degrau à entrada e uma cadeira como a do Gerson, que pode pesar 200 quilos, não consegue ultrapassar esse obstáculo. É importante que existam cada vez mais espaços acessíveis e cada vez mais iniciativas como esta, para que sirvam de exemplo a outros.”

Vera Duarte, Consultora Administrativa da McDonald’s, considera que “Como grande empresa que somos, temos a capacidade de sensibilizar os nossos clientes, mas também outras empresas, para as questões relacionadas com a acessibilidade de pessoas com necessidades especiais.” Considerando que “todos os clientes são importantes, sem exceção”, Vera Duarte afirma “Para nós é uma honra sermos distinguidos como um restaurante com acessibilidade e acreditamos que a atribuição deste selo pode “contagiar” outros parceiros e até mesmo outros comerciantes à volta.”

A falta de acessibilidade é um dos principais fatores de exclusão social das pessoas com deficiência motora. A Junta de Avenidas Novas está a mudar esta realidade, com o apoio da Associação Salvador e o contributo decisivo das empresas da Freguesia.