CML e Gebalis em visita no Bairro Santos ao Rego

O Programa de Requalificação de Bairros Municipais de Lisboa, da Gebalis, tem o objetivo de aumentar o conforto, a segurança e a qualidade de vida dos seus moradores. Na Freguesia de Avenidas Novas, está em marcha uma intervenção na zona B do Bairro Santos ao Rego, designadamente nos edifícios 113, 115, 117, 119, 121 e 123 da Avenida das Forças Armadas. São ao todo 75 frações de habitação municipal com cerca de 210 habitantes.

No dia 25 de novembro, realizou-se uma visita de trabalho para acompanhamento da obra, na qual a Junta de Freguesia de Avenidas Novas se fez representar pela presidente Ana Gaspar, os vogais Venâncio Rosa e José Escarameia e o assessor do Urbanismo Ricardo Moutinho, que acolheram a vereadora da Câmara Municipal de Lisboa Paula Marques, responsável pelo pelouro da Habitação e Desenvolvimento Local, e Pedro Pinto, presidente da Gebalis, empresa que tem como objeto a promoção e gestão de imóveis de habitação social em Lisboa.

Os referidos responsáveis foram informados pelos técnicos sobre o andamento das obras, orçadas em cerca de 770 mil euros, que incluem intervenções ao nível das coberturas, das fachadas, das redes técnicas e das questões relacionadas com a segurança nos edifícios, visando um maior conforto, designadamente térmico e acústico, melhor habitabilidade, maior harmonia arquitetónica e maior segurança, com o objetivo de melhorar a qualidade de vida dos residentes. 

A presidente Ana Gaspar congratulou-se com o andamento das obras, que terão um reflexo direto no bem-estar dos vizinhos que ali vivem, e cujo objetivo vai de encontro a um desígnio local e nacional – o respeito pelo direito à habitação, tal como está consagrado na Constituição.

A vereadora Paula Marques agradeceu, na pessoa dos técnicos, o empenho de todos os participantes na obra, com conclusão prevista para abril de 2020, e realçou a importância da colaboração entre a Câmara Municipal de Lisboa, a Gebalis e a Junta de Freguesia de Avenidas Novas neste trabalho de requalificação. 

Para uma segunda fase, está prevista uma intervenção em 13 lotes da zona A do Bairro Santos ao Rego, mais precisamente nas ruas Marciano Henriques da Silva, Augusto Abelaira e Sousa Lopes.