Fernando Medina apresenta plano de apoio económico e social

A CML lançou um conjunto de medidas extraordinárias para apoiar e proteger a economia da cidade nesta 2.ª fase da pandemia.

Um apoio total de 55 milhões € para os setores mais atingidos, nomeadamente o comércio local e restauração, a cultura, habitação e famílias. No total são 15 medidas que pretendem “dar um sinal de confiança aos lisboetas e agentes económicos da cidade”, afirmou Fernando Medina e das quais se destaca:

✅Apoio extraordinário de 20 milhões de euros a fundo perdido ao Comércio e Restauração
✅Apoio à instalação e melhoria das esplanadas
✅Isenção de rendas em espaços comerciais da CML
✅Reforço do fundo específico das
Lojas com História Lisboa
✅Apoio à conversão de alojamento em arrendamento acessível – Reforço do programa Renda Segura
✅Reforço da programação e apoio aos agentes culturais e apoio extraordinário às empresas culturais
✅Reforço do Fundo de Emergência Social para IPSS e para familias
✅Isenção de Rendas ao setor social e associativo
✅Ajustar as rendas das famílias em fogos municipais
✅Reforço do apoio alimentar a famílias carenciadas

As candidaturas aos apoios estarão disponíveis em breve.

Conheça todas as medidas aqui

Mais informações: www.lisboa.pt/lisboaprotege