A Câmara Municipal de Lisboa informa que, a partir do dia 1 de junho, retoma a recolha seletiva porta a porta.

Assim, a partir de 1 de junho, 2ª feira, já se pode voltar a separar o lixo, embalagens e papel nos diferentes caixotes dos prédios.

Os dias de recolha voltam a ser os que existiam antes da pandemia, com dias determinados para o lixo comum, papel e/ou embalagens. 

Recorde-se que para combater a COVID-19 - e seguindo as indicações das autoridades de saúde e ambientais - as equipas da Higiene Urbana passaram a trabalhar de forma desfasada. Uma medida para defender a saúde dos trabalhadores e, ao mesmo tempo, garantir que um serviço essencial à população tinha condições para continuar a funcionar independentemente da evolução da pandemia. 

Na fase 3 de desconfinamento em que o País entra agora, já é possível reiniciar todos os circuitos. A cidade continua comprometida com as metas ambientais definidas para o aumento da reciclagem em Portugal, onde Lisboa tem de longe as taxas mais elevadas de todo o país, e com as medidas de descarbonização que mereceram a Lisboa a distinção de Capital Verde Europeia 2020.