Nesta altura do ano, a lagarta do pinheiro, também conhecida por processionária, efetua a descida dos ninhos, localizados nos ramos mais altos, até ao solo onde se enterram. Nesta fase representam um risco para a saúde pública devido à presença de pelos urticantes que libertam quando se sentem ameaçadas e que podem causar reações alérgicas em pessoas e animais. Alertamos a população para evitar o contacto e, caso detetem a presença desta praga, avisem os serviços da Junta de Freguesia de Avenidas Novas.  Foram efetuados tratamentos preventivos por endoterapia em setembro, que se têm revelado muito eficazes, pois até ao momento, só foi detetado um ninho que foi prontamente removido.

  • Teve lugar ontem dia 19 de Maio as comemorações dos […]

    Continuar a ler
  • No seguimento das reuniões com a Polícia de Segurança Pública, […]

    Continuar a ler
  • Este mês, na Avenida Júlio Dinis, a palmeira da espécie […]

    Continuar a ler
  • Teve lugar ontem dia 19 de Maio as comemorações dos […]

    Continuar a ler
  • No seguimento das reuniões com a Polícia de Segurança Pública, […]

    Continuar a ler