Devido às obras a decorrer na Antiga Estação do Arco do Cego, que será transformada num centro de inovação, um alinhamento de mais de 50 medronheiros, arbustos de grande porte, iria ser abatido.

Por intervenção da Junta de Freguesia de Avenidas Novas, conseguiu-se que os mesmos fossem transplantados e que não se perdessem estes importantes exemplares da flora portuguesa.

Tal só foi possível com o trabalho conjunto entre a Câmara Municipal de Lisboa, a Junta de Freguesia e o empreiteiro da obra.

Parte dos exemplares ficou no próprio jardim. Os restantes foram para os viveiros municipais e, quando estiverem em condições, serão novamente plantados em vários locais da cidade e da freguesia.


  • Teve lugar ontem dia 19 de Maio as comemorações dos […]

    Continuar a ler
  • No seguimento das reuniões com a Polícia de Segurança Pública, […]

    Continuar a ler
  • Este mês, na Avenida Júlio Dinis, a palmeira da espécie […]

    Continuar a ler
  • Teve lugar ontem dia 19 de Maio as comemorações dos […]

    Continuar a ler
  • No seguimento das reuniões com a Polícia de Segurança Pública, […]

    Continuar a ler